Reiki em Mogadouro

Usui Reiki Ryoho ~ Sem Fins Lucrativos

Reiju:
A Dádiva Espiritual


Diz-se que originalmente (em vez do sistema de iniciação “Solução-Rápida” a que estamos habituados na linhagem de Takata), Usui Sensei utilizava um processo acumulativo “aberto” de empoderamento/sintonização conhecido como reiju.

(reiju implica: “Dar/receber uma dádiva espiritual”)

Aparentemente, os estudantes assistiriam regularmente a reuniões de treino, e no final de cada reunião, durante a sessão de meditação, receberiam reiju com o objectivo de fortalecer e reforçar a sua ligação, e desenvolver a qualidade da sua experiência do fenómeno que é o Reiki.

Este documento fornece instruções para realizar o que é provavelmente a mais popular das diversas versões do recentemente “redescoberto” processo de empoderamento reiju.

É claro que o que é fornecido aqui é meramente uma descrição da forma “física” do processo - o aspecto interior: a componente energético/espiritual da partilha de reiju com um estudante, não pode ser aprendida de uma descrição escrita.

NOTA IMPORTANTE:
Algumas pessoas, parece ser, erroneamente acreditam que o conhecimento de como se realiza o procedimento reiju (ou, do mesmo modo, o procedimento ocidental de iniciação/sintonização Reiki), deve ser mantido secreto.

- que se os procedimentos se tornam do conhecimento comum, então qualquer um (mesmo pessoas não-Reiki), aprendendo como se realizam, ganharão o “poder” de acordar a capacidade Reiki nos outros.

Mas este não é o caso.

“Ninguém pode dar o que não tem”

O reiju e os procedimentos das iniciações/sintonizações de Reiki são métodos para partilhar a Dádiva que a capacidade Reiki é.

Se tu não “recebeste” a capacidade do Reiki em ti, não a podes passar a outro - não consegues acordar a capacidade em outro - não importa quanto tu, como diz um amigo meu japonês: “faças ondas com as mãos, visualizes shirushi, cantes jumon, ou “tentes” que aconteça.”

O Processo Reiju

(Copyright © 2002 James Deacon)

Nota: Inicialmente o recipiente deve sentar-se direito mas relaxado numa cadeira, com as mãos no regaço, os pés planos no chão.

Sê consciente da tua intenção em partilhar reiju. Gera verdadeira compaixão no teu coração, e “liga-te” à Fonte do Reiki.

(Algumas fontes sugerem ligar-se ao Reiki cantando o kotodama do DKM)

De pé em frente do recipiente, realizar gassho e uma reverência. Toca levemente o recipiente no ombro para lhe indicar que estás a ponto de começar a partilha da experiência reiju e que eles devem pôr as mãos em gassho mudra (posição de oração).

Eleva os braços por cima de ti, olha em direcção ao céu, e sente profundamente o Reiki nas tuas mãos.

Traz as tuas mãos para baixo de forma a ficarem por cima da coroa do recipiente, os dedos indicadores tocam-se um ao outro nas segundas juntas, enquanto os outros dedos permanecem relaxados.

Numa acção suave e contínua, move as tuas mãos para baixo em frente ao recipiente, com intenção consciente, visualiza uma linha de energia (- uma linha de luz) entrando pela coroa e fluindo para baixo através do centro do corpo para a base da coluna, abrindo e limpando todos e cada centro energético ao mesmo tempo que tu o fazes.

(Algumas fontes sugerem visualizar a energia fluindo para baixo para o seika tanden (área abdominal) em vez de para a base da coluna)

As tuas mãos devem estar agora ao nível dos joelhos do recipiente.

Separa as mãos, move-as para o lado de fora dos joelhos e para baixo pelos lados de fora das pernas, vindo a descansar com as palmas para baixo, perto - sem chegar a tocar - do chão.

(Algumas fontes sugerem que, com intenção consciente, tu deves ligar o Reiki à terra visualizando-o a fluir para a terra, tocando o chão assim como tu o fazes.)

Lenta e suavemente arqueia as mãos de volta até à posição acima da cabeça do recipiente de novo, permanecendo de pé em frente dele.

Trazer as mãos suavemente para baixo de modo a descansar aproximadamente 3-5 polegadas acima da coroa do recipiente (ex. tocando a sua aura), as palmas viradas para baixo, esta vez com os polegares a tocar-se.

(Algumas fontes sugerem que uma mão deve ser posta em cima da outra)

Permite que o Reiki flua par a coroa do recipiente aproximadamente 10-15 segundo ou mais conforme tu intuas.

Quando estejas pronto, consciente do esboço da aura, move as mãos por fora e para baixo de ambos lados da cabeça do recipiente (aproximadamente ao nível das têmporas) - palmas das mãos viradas uma para a outra.

Novamente, permite que o Reiki flua para a cabeça do recipiente aproximadamente 10-15 segundo ou mais conforme tu intuas.

A seguir, move as tuas mãos para a frente do recipiente, formando um triângulo com os teus dedos indicadores e polegares. Os outros dedos estão ligeiramente separados, as palmas estão viradas para o recipiente. O centro do triângulo coincide com o terceiro olho do recipiente.

Novamente, permite que o Reiki flua para as sobrancelhas do recipiente aproximadamente 10-15 segundo ou mais conforme tu intuas.

Move-te para o lado do recipiente, coloca uma mão na frente e a outra atrás do recipiente - palmas viradas uma para a outra - ao nível da garganta.

(Algumas fontes sugerem ao nível da boca)

Uma vez mais, permite que o Reiki flua para a garganta do recipiente aproximadamente 10-15 segundo ou mais conforme tu intuas.

Move as tuas mãos para baixo atrás e à frente da região do coração / timo do recipiente.

Novamente, permite que o Reiki flua para a região do coração / timo do recipiente aproximadamente 10-15 segundo ou mais conforme tu intuas.

Juntando as pontas dos teus dedos, suavemente move as tuas mãos para baixo e à volta das mãos do recipiente (sem as tocar), as quais estão na posição gassho mudra (posição de oração).

Permite que o Reiki flua para as mãos do recipiente aproximadamente 10-15 segundo ou mais conforme tu intuas.

Suavemente separa as mãos e leva-as para baixo, perto do chão.

(Algumas fontes sugerem que, com intenção consciente, tu deves ligar o Reiki à terra visualizando-o a fluir para a terra, tocando o chão assim como tu o fazes.)

Agora traz as mãos juntas, palmas viradas para cima, as pontas dos dedos pequenos juntas como formando uma colher.

Numa suave e contínua acção, rapidamente move as tuas mãos para cima em frente ao recipiente (como recolhendo a energia e devolvendo-a à fonte) - com intenção consciente, visualiza a linha de energia (luz) correndo da base da coluna para cima através do centro do corpo, através da coroa, para o céu - firmemente estabelecendo a ligação do recipiente com o Reiki.

(Algumas fontes sugerem visualizar a energia fluindo para cima a partir do seika tanden (área abdominal) em vez da base da coluna)

Ao completar o movimento, separa as mãos - abre os braços.

Realiza gassho e faz reverência.

__________________________________
NOTA:
Como já foi dito, este documento fornece instruções para realizar o que é provavelmente o mais popular das diversas versões do recentemente “redescoberto” processo de empoderamento reiju.

Deves gostar de o comparar com esta versão “forma-rápida” de um tratamento de Reiki o qual aprendi (muito antes de alguém no ocidente ter ouvido falar de reiju) de um “instrutor” de Reiki que trabalha com Radiance Thecnique Reiki.
Acredito que deve parecer algo semelhante - pelo menos a partir da 2ª posição em diante…

Forma Rápida de um Tratamento Reiki

As posições das mãos são as seguintes:

1. De pé atrás do cliente, coloca as tuas mãos nos seus ombros. Suavemente compassa a tua respiração com o ritmo da respiração do paciente.

2. Passa para a frente do cliente. Faz um “varrido aurico” para equilibrar o campo energético do cliente, e para dilatar o seu canal central (ex. para deixar a sua energia fluir mais equilibradamente): leva as tuas mãos ligeiramente acima da cabeça do cliente (dobrando os joelhos conforme precisares) as tuas mãos separam-se gradualmente a partir dos joelhos do cliente e vêm descansar de ambos lados dos seus tornozelos.

3. Tendo cuidado para não “perturbar” o campo do cliente no processo, volta à posição de pé e coloca as tuas mãos acima da cabeça do cliente uma vez mais (é boa ideia manter as mãos dos lados de fora ao levantar-se, para não “varrer o campo” acidentalmente para cima, revigorando neste sentido desta vez)
Junta as mãos e coloca-as - palmas para baixo - na coroa do cliente. (Para cada posição, podes pôr as mãos tanto directamente em contacto com o cliente ou a um par de polegadas (1 polegada = 2,54 cm - Nota do T.) do seu corpo - ex. no seu campo - como tu prefiras.)

4. Coloca as tuas mãos dos lados da cabeça do cliente - as palmas cobrindo as têmporas.

5. Passa para o lado esquerdo do cliente, coloca a tua mão esquerda na fronte, e a tua mão direita na nuca (no ponto onde a pescoço e o crânio de juntam).

6. Traz as tuas mãos para baixo de forma a que a tua mão esquerda fique a algumas polegadas em frente da garganta, e a tua mão direita está atrás, na parte de baixo do pescoço.

7. Coloca a tua mão esquerda no esterno (região do timo) e a tua mão direita ao mesmo nível entre os seus omoplatas.

8. Mão esquerda no Plexo Solar (zona do estômago-diafragma), a direita ao nível correspondente nas costas do cliente.

9. Passa para a frente do cliente, toma as suas mãos nas tuas próprias mãos.

10. Para a posição final, coloca as tuas mãos nos seus pés. Isto ajuda o cliente a ligar-se à terra.


Quando começas o tratamento com um “calmante” varrido-aurico, termina-o com um energizante varrido-aurico: levando as tuas mãos dos pés do cliente, num suave, forte, movimento contínuo, varre com as tuas mãos na frente do corpo do cliente - as tuas mãos separam-se gradualmente ao passar pelos ombros do cliente e vêm repousar acima da cabeça dele.

Centra-te.
*
JAMES DEACON'S REIKI PAGES -> w w w . a e t w . o r g
_______________________________________________________________
Tradução de Carlos Lourenço

Exibições: 172

Responder esta

© 2014   Criado por Carlos Lourenço (Marok).

Relatar um incidente  |  Termos de serviço